Vice-prefeito se reúne com comando da PM para traçar estratégias de combate a furtos de cabos de iluminação

Os frequentes registros de furto de fios de cobre de iluminação pública vêm chamando a atenção das autoridades em Campina Grande. Somente nos seis primeiros meses de 2021 (janeiro a junho), foram registradas 31 interrupções no fornecimento elétrico e um impacto de aproximadamente R$ 25 mil reais aos cofres municipais, conforme um relatório da Coordenação de Iluminação Pública da Prefeitura Municipal.

O assunto foi pauta de uma reunião, na manhã desta sexta-feira (13), entre o vice-prefeito da cidade, Lucas Ribeiro, o comandante regional da Polícia Militar, coronel Arilson Valério, representantes da Secretaria de Obras, Guarda Civil Municipal e Secretaria de Trânsito e Transportes Públicos (STTP).

Segundo o vice-prefeito, o intuito do encontro foi buscar soluções conjuntas para a problemática, que onera os cofres públicos e prejudica a população.

“O furto desses equipamentos gera um grande dano à população, deixando áreas completamente no escuro, favorecendo a insegurança e causando a interrupção de serviços de telefonia e internet, isso sem falar no prejuízo direto aos cofres públicos”, enfatizou o vice-prefeito, ao fazer um balanço positivo da reunião. Ele acredita que a parceria entre os poderes públicos pode resultar em soluções para o problema.

Ainda conforme o relatório da PMCG, os principais locais das ocorrências são o Açude Novo, o Açude Velho e a Praça José Américo, de onde já foram furtados ao todo 280 metros de cabos multiplex de 10 milímetros e 927 metros de cabos de 16 milímetros.

O coronel Valério alertou que, diante de algum furto do material, as pessoas devem denunciar à Polícia Militar ou à Guarda Municipal. Outra orientação é que não se compre este material. “Uma ilegalidade leva a outra. Quem compra resultado de furto está cometendo crime igual ou pior”, declarou.

As denúncias de furto de fiação podem ser feitas pelo 190 da Polícia Militar ou pelo call center da secretaria de obras no número 3322 5594.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *