Vereadora Jô Oliveira debate o orçamento público municipal em comunidades de Campina Grande

Durante esta semana, a vereadora Jô Oliveira (PCdoB) realizou diálogos sobre o orçamento público com moradores de São José da Mata, Lagoa de Dentro, da ocupação Luiz Gomes, no Jardim Paulistano, e com representantes do segmento cultural. Essas visitas fazem parte do projeto ‘Comunidade Participa’, que busca conversar com a população sobre as leis orçamentárias que devem ser votadas agora em novembro pela Câmara Municipal.

O ‘Comunidade Participa’ tem dois objetivos: apresentar de forma simples para as pessoas das comunidades a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) e o Plano Plurianual (PPA), elaborados pela Prefeitura Municipal, e ouvir dessas pessoas quais são as demandas de sua localidade. A partir desse diálogo com as comunidades a vereadora Jô Oliveira construirá suas propostas de emendas aos projetos de lei orçamentária, para que o orçamento público municipal reflita ao máximo a realidade da cidade e atenda os anseios das pessoas.

Na segunda-feira (8), o diálogo aconteceu no Distrito de São José da Mata, onde as principais demandas apresentadas foram quanto a falta de um transporte público efetivo que atenda as necessidades das pessoas, o acesso a saúde e também a falta de equipamentos de lazer no local, como praças e quadras de esporte.

Na terça-feira (9), a vereadora Jô Oliveira dialogou com moradores da comunidade de Lagoa de Dentro, no bairro Serrotão, onde as principais demandas citadas foram quanto ao acesso a atendimento de saúde e a esgotamento sanitário. Na quarta-feira (10) a visita aconteceu na ocupação Luiz Gomes, no Jardim Paulistano, onde, além do acesso a saúde e serviços de assistência social, a principal demanda foi a conquista da habitação por parte daquelas famílias.

Na sexta-feira (12), o diálogo aconteceu de forma online, com representantes do segmento cultural do município. Foram debatidos temas como: a necessidade de relacionar este segmento à educação e poder trabalhar os dois em conjunto, abrindo espaço para que artistas e educadores sociais desenvolvam atividades de formação; a efetivação do Fundo Municipal de Cultura do município, que não realiza o lançamento de editais desde 2008; e a descentralização das atividades artísticas, para que possam também contemplar os bairros do município, sobretudo os mais distantes da área central.

Para a vereadora Jô Oliveira, esses diálogos são fundamentais para o desenvolvimento de seu trabalho legislativo.

“Como representante do povo temos que conhecer suas demandas, dialogar, saber das necessidades e buscar caminhos para propor e cobrar que essas necessidades sejam atendidas. O ‘Comunidade Participa’ é uma estratégia desenvolvida para isso, com foco em buscar construir, junto com as comunidades, as emendas que iremos apresentar para o orçamento público, dessa forma teremos um orçamento que de fato atenda a população de Campina Grande em toda a sua diversidade”, destacou.

Além das rodas de diálogo, o mandato da vereadora Jô Oliveira também disponibilizou um formulário online para receber contribuições a respeito da aplicação do Orçamento e a distribuição de recursos na LOA e no PPA. O formulário pode ser preenchido acessando o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *