Vereador critica “feriadão” imposto pelo Governo do Estado.

O vereador Waldeny Santana criticou a decisão do Governo do Estado de impor um “feriadão” de uma semana por meio de decreto, cujos efeitos foram ampliados através de outro decreto publicado nesta sexta-feira, 26.

“Esse tipo de medida radical e unilateral não surte efeito prático em termos de controle da pandemia, e isso já é mais do que confirmado”, avaliou Waldeny. “Por outro lado, causa danos profundos à economia, prejudicando o emprego das pessoas em um momento já muito difícil”, complementou.

No entendimento do parlamentar, as autoridades públicas precisam estimular, orientar e fiscalizar o cumprimento das medidas sanitárias, sem a imposição do fechamento generalizado do comércio e outras atividades.

Waldeny novamente lamentou que o ato do Governo do Estado reafirme a decisão de manter as igrejas de portas fechadas. “A fé é essencial e, ao contrário do que querem impor aqueles que, em geral, são antirreligiosos, as pessoas precisam, sim, da igreja de portas abertas, evidentemente seguindo as medidas sanitárias”, ressaltou o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *