Sapé vacina detentos e moradores em situação de rua contra covid-19

A Prefeitura de Sapé vacinou, nesta quarta-feira (9), moradores em situação de rua, detentos e trabalhadores do Presídio Regional do município contra o novo coronavírus. A ação, coordenada pela Secretaria de Saúde, segue o Plano Nacional de Imunização (PNI) que a gestão tem seguido para a aplicação das doses.

De acordo com a Secretaria de Saúde, 150 pessoas receberam a imunização no Presídio Regional do município, entre apenados e funcionários do sistema prisional.

Titular da Saúde, David Roberto esclarece que Sapé tem seguido o calendário federal e se esforçado para atingir o maior número de vacinados o quanto antes. Ele ressalta que a imunização dos apenados e moradores de rua diminui a chance de mortes desses grupos pela doença. “Vemos essa imunização como fundamental, pois são pessoas que não possuem muita assistência e precisam de um olhar humano, já que pela situação de vida, acabam sendo mais expostos ao vírus”, analisa.

Bandeira Vermelha – Sapé, que foi classificado como município de Bandeira Vermelha pelo Governo do Estado, já atingiu 100 mortes pela covid-1. O secretário alerta para que a população continue com os cuidados para prevenir a doença.

“É importante entender que a vacina ameniza os sintomas, mas não impede a contaminação. Sendo assim, ainda que imunizada, a pessoa pode passar o vírus para quem ainda não recebeu a vacina, o que é perigoso, pois sabemos da força da covid-19. Máscara facial, álcool em gel e distanciamento social seguem sendo fundamentais. A pandemia não acabou”, pontuou.

Seguindo o cronograma do Governo Federal, Sapé já vacinou idosos, trabalhadores da saúde, da educação e pessoas com comorbidades. Nesta quinta-feira (10), foi iniciada a imunização da população em geral contra a covid-19, com a vacinação de pessoas com 59 e 58 anos. Conforme a Secretaria, o calendário seguirá de forma decrescente e será divulgado constantemente para acompanhamento do público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *