Prefeitura de Campina Grande realiza mais de 100 atendimentos no primeiro dia da Semana do MicroempreendedorCampina Grande realiza dias C de vacinação contra covid-19 para criançasPrefeitura entrega tablets e fardamentos a Agentes Comunitários de SaúdeBruno recebe empresários e estabelece metas para o setor melhorar a qualidade dos serviços à população de Campina GrandePrefeitura suspende serviço emergencial de transporte público para distritos, após normalização das linhasProjeto reserva 5% dos postos de trabalho para vítimas de violência domésticaNo Curimataú, consórcio intermunicipal é alternativa para cidades ofertarem consultas médicas para populaçãoPré-candidatos podem iniciar vaquinha virtual a partir de domingoBruno entrega kits escolares a estudantes da Escola Municipal Presidente KennedyPrefeitura de Campina realiza Semana do Microempreendedor IndividualBruno reage ao boicote das empresas de ônibus e coloca frota a disposição da população com tarifa zeroBruno assegura apoio da Prefeitura de Campina Grande à Mayara Rocha em competição internacionalQuase 57 mil recém-nascidos foram registrados sem o nome do paiGoverno Bolsonaro zera imposto de importação de alimentosJustiça decide que Pazuello não é responsável pela crise de oxigênio em ManausNo apagar das luzes do governo João Azevedo, PT rompe atacandoCampina Grande marca presença na Expo Turismo ParaíbaPrefeitura de Campina Grande garante na Justiça o transporte público para os distritosPrefeitura de Campina Grande promove avanço nas políticas públicas em benefício das pessoas com deficiênciaPrefeitura de Campina recebe prêmio de Cidade Empreendedora da região Nordeste na categoria Prefeito Empreendedor

Pré-candidatos podem iniciar vaquinha virtual a partir de domingo

Pré-candidatos podem iniciar vaquinha virtual a partir de domingo

A partir do próximo domingo (15), os pré-candidatos que vão disputar as eleições de outubro estão autorizados a realizar campanha prévia de financiamento coletivo, modalidade conhecida como vaquinha virtual ou crowdfunding.

Pelas regras eleitorais, a arrecadação será feita por empresas especializadas que foram cadastradas previamente na Justiça Eleitoral.

A liberação dos recursos está condicionada ao pedido de registro de candidatura, à obtenção de CNPJ e a abertura de conta bancária.

Durante a campanha de arrecadação, os pré-candidatos não poderão fazer pedidos de votos e propaganda eleitoral antecipada.

Regras da vaquinha virtual

Partidos e pré-candidatos devem estar atentos às regras previstas nas resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.607/2019

Eles precisam contratar empresas ou entidades com cadastro aprovado pelo TSE para realizar esse tipo de serviço, respeitar as normas gerais de financiamento de campanha e declarar todos os valores arrecadados na prestação de contas à Justiça Eleitoral. A lista das empresas com cadastro aprovado está no site do TSE.

Para receber os recursos arrecadados, os candidatos devem ter feito o requerimento do registro de candidatura, inscrição no CNPJ e a abertura de conta bancária específica para acompanhamento da movimentação financeira de campanha. Somente depois de cumpridos esses requisitos é que as empresas arrecadadoras poderão repassar os recursos aos candidatos.

Quem pode doar

Somente pessoas físicas podem doar. Pelas regras do TSE, não existe limite de valor a ser recebido pela modalidade de financiamento coletivo.

As doações de valores iguais ou superiores a R$ 1.064,10 somente podem ser recebidas mediante transferência eletrônica ou cheque cruzado e nominal. Essa regra deve ser observada, inclusive na hipótese de contribuições sucessivas realizadas por um mesmo doador em um mesmo dia.

Caso o candidato desista de concorrer

Caso o eleitor tenha feito uma doação e o candidato desista de concorrer às eleições, o dinheiro deverá ser devolvido ao doador. Nesses casos, no entanto, é descontado o valor cobrado automaticamente para custear a plataforma da vaquinha virtual, ou seja, a taxa administrativa.

Prestação de contas

A emissão de recibos é obrigatória em todo tipo de contribuição recebida, seja em dinheiro ou cartão. Isso é feito para possibilitar o controle pelo Ministério Público e pelo Judiciário.

A empresa arrecadadora também deve disponibilizar em site a lista com a identificação dos doadores e das respectivas quantias doadas, a ser atualizada instantaneamente a cada nova contribuição, bem como informar os candidatos e os eleitores sobre as taxas administrativas a serem cobradas pela realização do serviço.

Todas as doações recebidas mediante financiamento coletivo deverão ser lançadas individualmente pelo valor bruto na prestação de contas de campanha eleitoral de candidatos e partidos políticos.

Prazos

As entidades arrecadadoras, após cadastramento prévio e habilitação no TSE, podem iniciar a arrecadação de recursos para pré-candidatas ou pré-candidatos a partir de 15 de maio. A data limite para a arrecadação é o dia da eleição, 2 de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.