Percepção de melhora no país em relação ao ano anterior cai no NordesteCom mais de 4 mil vagas, concurso CAIXA 2024 abre inscriçõesFPM: municípios da Paraíba receberão, nesta quinta-feira (29), mais de R$ 106 milhõesSecretaria de Saúde vai realizar manutenção em aparelhos para retomar teste da orelhinha no ISEAProibição de usar banheiro de outro sexo nas escolas avança no SenadoEPIDEMIA: Paraíba registra terceira morte por dengue e chikungunhaLéa Toscano deixa PSDB“Manifestação em São Paulo foi a celebração da democracia e da liberdade”, senador Rogério MarinhoFederação Israelita registra aumento de 263% de denúncias de antissemitismo em escolas após ataques LulaMarço começa com mais uma edição do Tarifa Zero em Campina GrandeRede de Educação de Campina Grande inicia nesta quarta-feira aplicação do Sistema de Avaliação de AprendizagemCentro de Zoonoses amplia horário de atendimento para as consultas clínicas veterináriasPrefeitura de Campina Grande inaugura, nesta terça-feira, a nova Policlínica da Bela VistaNordeste: a ‘mina’ da energia solarLula III: Brasil registra 920 mil casos de dengue e 184 mortes, nos dois primeiros meses de 2024.Ato na Avenida Paulista, Bolsonaro reúne mais de um milhão de pessoas.Bolsonaro seria obrigado a comparecer em interrogatório? Veja o que dizem advogados criminalistasCasos de Covid-19 e mortes decorrentes da doença registram aumento no BrasilBNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RNPEC dá ao Congresso poder de sustar atos normativos do Judiciário

Menores de 16 anos precisam de autorização para viajar

Menores de 16 anos precisam de autorização para viajar

Tudo pronto para a viagem nas férias? Veja bem, pois não dá para esquecer que os menores de 16 anos só podem viajar com a autorização dos pais ou responsáveis legais. A boa notícia é que ficou mais fácil solicitar o documento através do sistema E-Notariado. Apesar da facilidade, a autorização que era dada diretamente pela justiça continua valendo para ações de prevenção contra o tráfico de crianças e adolescentes.

“A autorização de viagem é o documento essencial para todas as crianças e adolescentes que desejam viajar sozinhos ou acompanhados por apenas um dos responsáveis, cuja autorização em regra era emitida pela via Judicial”, explica o advogado Antônio Neto, associado do escritório Marcos Inácio Advogados.

Para solicitar a Autorização Eletrônica de Viagem (AEV), os interessados devem acessar a plataforma e-notariado (www.e-notariado.com.br), na área ‘cidadão’ do site, e preencher as informações solicitadas. Feita a solicitação, os requerentes poderão escolher a emissão presencial do documento, em cartório próximo a seu endereço, ou remotamente, por videoconferência. Para a emissão remota, devem ter certificado digital ICP-Brasil ou Notorizado, que é emitido gratuitamente pelos Cartórios.

“Uma vez expedida a autorização de viagem, os responsáveis receberão um documento digital para validação no guichê da companhia aérea, que poderá ser feita por meio de leitura de um QR-CODE, por meio do aparelho celular ou em forma impressa”, informa o advogado.

        Dr. Antônio Neto também informa que os pais ou responsáveis legais das crianças e adolescentes devem sempre viajar com a Certidão de Nascimento (original ou cópia autenticada) e carteira de identidade ou passaporte. E, caso não discrimine o prazo de validade do documento, a autorização de viagem será válida por dois anos.

É importante lembrar que o menor com 12 anos em diante, além da AEV, terá de apresentar Certidão de Nascimento (original ou cópia autenticada) e carteira de identidade ou passaporte. Para viagens em comarca contígua à da residência dos menores de 16 anos, localizada na mesma unidade federativa ou região metropolitana, não precisa de autorização. Menor de 16 anos com passaporte em que conste autorização expressa para viajar desacompanhado ao exterior também não necessitará de autorização judicial.

“A medida visa desafogar o Judiciário e dar uma maior celeridade nas emissões das autorizações de viagens para as crianças e adolescentes que desejam viajar sozinhos ou acompanhados por apenas um dos responsáveis”, finalizou o Dr. Antônio Neto, associado do escritório Marcos Inácio Associados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.