Filarmônica Epitácio Pessoa celebra 123 anos de História

Em comemoração aos 123 anos de história e musicalidade da Filarmônica Epitácio Pessoa, completados no último 15 de novembro, a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), realizará nesta quarta-feira,17, às 20h, no Teatro Municipal Severino Cabral, o concerto ‘Filarmônica e Convidados’. Será um espetáculo comemorativo, com um vasto repertório que transitará entre os mais variados estilos musicais.

A centenária Filarmônica Epitácio Pessoa levará ao palco do Teatro Municipal os cantores Augusto de Arruda, Erika Marques, Adília Uchôa, Kessy Lima, Bruno Marques e Stella Alves.

Os interessados podem retirar o ingresso, gratuitamente, no site: https://www.sympla.com.br/evento/filarmonica-epitacio-pessoa/1411628 para garantir a participação no evento.

Filarmônica Epitácio Pessoa

Fundada em 15 de novembro de 1898 foi denominada de Filarmônica Campinense, depois passou a ser chamada de Filarmônica XV de Novembro. Os nomes de João Borges da Rocha, Honório Correia ou do Sr. Vigarino, aparecem como sendo, um deles, o primeiro regente. A Filarmônica pertenceu ao Partido Conservador, liderado por Alexandre Cavalcanti. É ainda a entidade cultural mais antiga da cidade.

Na década de 1920 foi apelidada de “Sá Zefinha”, devido à presença constante de uma senhora popular, chamada Zefinha, fã incondicional. Sua história se confunde com a própria história de Campina Grande. Tinha como “rival” a Filarmônica Lira da Borborema, regida pelo mestre de banda Severino Atanásio, esta banda foi extinta na década de 1920, mas deixou descendentes de valor musical a exemplo de Hermann Capiba, autor do memorável frevo campinense “Briga de Foice”.

Passou a ser referenciada como Filarmônica Epitácio Pessoa em meados de 1950, quando foi municipalizada, em homenagem ao único paraibano que foi presidente da República do Brasil. Em 1977 foi vice-campeã do 1° Concurso Nacional de Bandas de Música, realizado no Rio de Janeiro, em uma iniciativa da Funarte. Atualmente, a Filarmônica Epitácio Pessoa está vinculada, administrativamente, à Secretaria de Cultura do Município de Campina Grande, sendo dirigida pelo trombonista Severino Aleixo (Luizinho) e regida pelo Maestro Wellington Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *