Mércio Franklin assume vice-presidência do PTB na ParaíbaApenas pessoas físicas que utilizem o CPF como chave PIX poderão doar recursos para partidos e candidatosForça aérea atira em avião que entrou no espaço aéreo brasileiro transportando drogasPrefeitura de Campina Grande leva vacinação à Vila do Artesão neste sábadoBruno autoriza pagamento da primeira parcela do 13° Salário para os servidores municipais de Campina GrandeGovernador da Paraíba não resiste à pressão e anuncia redução dos impostos sobre gasolina e dieselAprovada a PEC que diminui o impacto da alta dos combustíveis e que  aumenta para R$ 600 o Auxílio Brasil.TSE fixa IPCA para limitar gastos de campanha em 2022IBGE: desemprego cai para 9,8%; rendimento fica estávelPTB confirma pré-candidatura de Roberto Jefferson ao governo do Rio de Janeiro.Tribunal de Contas da União aprova por unanimidade contas de Bolsonaro referentes a 2021.INSS detalha procedimentos para atendimento presencialPrefeitura de Campina Grande conclui preparativos para lançamento do Serviço Família AcolhedoraPrefeitura de Campina Grande ampliou visibilidade do Maior São João do Mundo em aeroportos de diferentes regiões do BrasilOferta de crédito para barraqueiros viabilizou sustentabilidade de pequenos negócios n’O Maior São João do MundoAndré Mendonça é eleito presidente da Segunda Turma do STFSenador cobra criação de CPI já protocolada para investigar obras inacabadasPrefeitura de Campina Grande e Airbnb firmam acordo para incrementar turismo na cidadeMatutrilha reúne amantes de carro em CG e empresário vence em três categoriasCom mais de 650 proposituras já apresentadas, vereadora Jô Oliveira tem marcado seu nome na história do legislativo municipal

Campina Grande se torna o primeiro município a aderir ao programa Mães do Brasil, do Governo Federal

Campina Grande se torna o primeiro município a aderir ao programa Mães do Brasil, do Governo Federal

Campina Grande se tornou o primeiro município brasileiro a aderir ao programa Mães do Brasil, uma iniciativa do Governo Federal, por meio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, para amparar mulheres no exercício da maternidade. A adesão aconteceu durante uma reunião com a participação da primeira-dama Juliana Figueiredo Cunha Lima que, na oportunidade, foi convidada a se tornar embaixadora nacional do ‘Mães do Brasil’, em reconhecimento ao seu trabalho em defesa das mulheres, em Campina.

Representando ainda a Prefeitura de Campina Grande na reunião, realizada de forma remota, participaram também a coordenadora Executiva da Mulher, Talita Lucena; e a gerente da Pessoa com Deficiência, Edna Silva. Representando o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, participaram Elizabeth Maulaz, diretora Nacional de Políticas para Mulheres; Ysabelle Castro, coordenadora Nacional de Atenção Integral à Gestante e à Maternidade; além de Adriana Haas Vilas Boas e Talita Arantes, coordenadoras Nacional das Pessoas com Doenças Raras. Primeiro deputado federal raro do Brasil, Patrick Dorneles, também participou do encontro, defendendo, particularmente, os direitos das mães raras.

Durante a reunião, foram apresentadas as políticas públicas desenvolvidas pela gestão do prefeito Bruno Cunha Lima, em favor da mulher e das famílias. O projeto Colo Pra Mãe, recém lançado pela Prefeitura de Campina Grande, despertou o interesse da equipe do MDH e resultou no convite à primeira-dama Juliana Figueiredo Cunha Lima, para representar o projeto do Governo Federal, em todo o país.

Grávida do primeiro filho e, conforme ela própria diz, “ainda mais sensível às questões que envolvem a maternidade”, Juliana não escondeu a emoção e alegria pelo convite mas, mais ainda, por ver Campina Grande protagonizando mais um importante capítulo na história da atual gestão, em benefício da mulher.

“É com muita honra que nos tornamos o primeiro município brasileiro a aderir ao Programa Mães do Brasil. Isso é fruto de muito trabalho e dedicação às políticas públicas para as mulheres de Campina Grande-PB. E, particularmente, me sinto extremamente honrada em receber o convite para me tornar uma das embaixadoras nacionais do Programa. Isso só reafirma o compromisso que a Prefeitura tem com nossas mulheres”, festejou Juliana.

Em abril, Campina Grande receberá a equipe técnica do Ministério da Mulher, para um ato solene de assinatura, pelo prefeito Bruno Cunha Lima, do termo de colaboração técnica para a implantação e execução do projeto.

Mães do Brasil

O Programa Mães do Brasil, instituído pelo Decreto nº 10.987, de 8 de março de 2022, é uma estratégia de promoção de políticas públicas destinadas à proteção integral da dignidade das mulheres, a fim de ampará-las no exercício da maternidade, desde a concepção até o cuidado com os filhos. O programa tem o objetivo de estimular a integração de políticas públicas e fomentar ações para a promoção dos direitos relativos à gestação e à maternidade, de modo a garantir os direitos da criança nascida e por nascer, o nascimento seguro e o desenvolvimento saudável; reconhecer o valor da maternidade para o bem comum, a fim de amparar as mulheres no exercício integral da maternidade, desde a concepção até o cuidado com os filhos; e fomentar a inserção e a reinserção das mulheres mães no mercado de trabalho, a conciliação trabalho-família e a equidade e corresponsabilidade no lar.

Entre os projetos inseridos no Programa, estão o “Mães Unidas˜, “Bem Gestar e Acolher”, Agricultura da Vida – Nutrição Materno Fetal”, e o “Amparo”. O Programa Mães do Brasil e suas iniciativas podem ser implementados por municípios, organizações da sociedade civil e instituições federais e a adesão deve ser feita por meio do Sistema Nacional de Direitos Humanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.