Campina Grande recebe 12.970 doses de vacina e Prefeitura disponibiliza 80 locais de imunização.

O prefeito Bruno Cunha Lima anunciou, através de sua conta no Twitter, que, nesta segunda-feira (22), a Secretaria de Saúde de Campina Grande recebe, do governo Bolsonaro, 12.970 doses de vacina contra a covid-19. Adianto que, já nesta segunda, haverá a ampliação da imunização para o público entre 70 e 74 anos de idade, em 80 pontos espalhados na cidade, em Unidades Básicas de Saúde, Centros de Saúde, Policlínicas, Escolas e Creches.

“É importante dizer que não será apenas um dia. Por isso, não precisa correr pra aglomerar na porta dos locais de vacinação”, alerta o prefeito em sua postagem, reforçando que ninguém vai ficar sem sua dose. “Não precisa ter medo”, frisou.

O prefeito revelou também que, durante a semana, a Secretaria de Saúde do Município anunciará a data de vacinação para as pessoas entre 65 e 69 anos. E lembrou: “Não é o Município que define os grupos a serem vacinados. Estes são designados através das notas técnicas do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde”.

Avanço na imunização

O Município iniciou a imunização do grupo dessa faixa etária no último sábado, com duas ações de drive-thru. Com a abertura dos pontos fixos, nesta segunda, explica Bruno Cunha Lima, a Secretaria de Saúde pretende avançar na cobertura vacinal dos idosos.

A vacinação dos idosos de 70 a 74 anos também vai continuar na terça-feira, 23, com alteração em alguns dos pontos fixos e a realização de uma ação no modelo drive-thru, no Parque da Liberdade. Nesse caso, o agendamento será aberto no site vacinacao.campinagrande.pb.gov.br.

Conclusão para os de 80 anos Paralelamente, a Coordenação Municipal de Imunização vai realizar, esta semana, a aplicação da 2ª dose, para os idosos acamados, a partir de 80 anos de idade. Na quarta-feira, 24, o município já pretende dar início à vacinação dos idosos com 68 e 69 anos de idade. “Estamos intensificando a campanha de vacinação e aplicando as doses imediatamente após o recebimento, conforme orientação do prefeito Bruno Cunha Lima”, disse o secretário de Saúde, Filipe Reul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *